Você sabe quanto um mangaka ( autor de mangá ) ganha?

Não?

foto post 01

Hoje eu gostaria de fazer uma reportagem sobre o mercado de mangá no Japão.

O mangaka mais sucedido na última década é Eiichiro Oda, o autor de One Piece, sem dúvida, né?

A estimativa da renda anual dele varia conforme fontes. Entretanto, independente das fontes, sabe-se que ele ganha no mínimo 2 bilhões de ienes ( 44 milhões de reais ) por ano.

Nossa! Como é que pode, né?

Da para calcular facilmente.

4.05 milhões ( a venda do volume do manga ) × 420 ienes ( o preço de um manga ) × 10 % ( taxa de royalty ) = 170 milhões de ienes ( 3.7 milhões de reais ).

Como ele publica 4 volumes por ano, a renda só pelo royalty é de 14.8 milhões de reais.

Além disso, ele ganha mais royalties para filmes ,animes e jogos.

E ele recebe remuneração por páginas desenhadas e mais salário anual da Editora Shueisha.

Contudo, nós precisamos saber que ele é top no ranking de mangakas.

Segundo Shuhou Sato, um mangaka famoso pelo “Black Jack ni yorosiku”, teve 5300 mangakas que publicaram pelo menos um volume de manga em 2009.

foto post 002

A média da renda anual do primeiros 100 mangakas dos 5300 pelos royaltys era de 70 milhões de ienes ( 1.5 milhão de reais ), enquanto a mesma dos mangakas restantes era de 2.8 milhões de ienes ( 60 mil reais ).

A diferença financeira entre mangakas sucedidos e não sucedidos é enorme. Ainda vale lembrar que há inúmeros mangakas que nem conseguiram publicar nenhum episódio numa revista de mangá, e eles nem estão inclusos neste cálculo da renda dos mangakas.

No manga Bakuman, que se trata de dois garotos que querem ser mangaka profissional, um dos protagonista dizia que ser Mangaka é uma aposta. Isso é puramente verdade.

foto post 003

Se seu mangá fizer grande sucesso, você pode se tornar bilionário que nem Eiichiro Oda. Entretanto, há muitos possibilidades de levar uma vida miserável, correndo atrás do seu sonho.

Na minha opinião, o que se precisa para fazer sucesso é talento, dedicação e um pouco de sorte. Isso vale para tudo, na verdade, né?

Shuhou Sato citado acima que tem 12 anos de carreira como mangaka profissional está revelando sua renda detalhadamente no seu blog.

Segundo ele, a remuneração por página desenhada é de 30 mil ienes ( 650 reais ). Como ele desenha 40 páginas por mês, a renda mensal fica 1.2 milhão de ienes ( 26 mil reais ). Contudo, como ele precisa pagar os salários dos três assistentes, aluguel e as contas relacionadas ao escritório, ele gasta quase tudo.

Então, a renda líquida dele seria royalty dos mangás vendidos.

100 mil ( a venda do volume do manga ) × 590 ienes ( o preço de um manga ) × 10 % ( taxa de royalty ) × 2 ( número de lançamento por ano ) = 12 milhões de ienes ( 261 mil reais ).

Essa renda anual é mais ou menos triplo da renda média do japonês.

O problema é que mangaka não tem estabilidade financeira, pois a editora manda terminar a publicação do mangá a qualquer momento caso o mangá perca popularidade entre os leitores da revista.

Só que trabalhar na empresa privada também nem garante estabilidade financeira nenhuma hoje em dia. Talvez valha a pena arriscar sua vida caso você goste de criar história e de desenhar mangás.

sh1r0kun

sh1r0kun

  • Shanks O Ruivo

    Tem casos como o Togashi autor de Yu yu hakusho e hunter x hunter
    Que ganhou tando com a primeira obra que publica a segunda quando quer
    E faz tão bem o mangá que todos aceitam