Power Rangers. Uma das maiores febres na infância dos anos 90, era quase impossível encontrar uma criança que não tivesse um boneco Ranger que girava a cabeça, ou que não saía morfar com seus amigos ao meio dia após o término do episódio (saudades desses tempos). Bem isso não vem ao caso, a verdade é que nenhuma dessas crianças (inclusive eu) sabia que estava sendo ”enganada” por uma história comercializada e reapresentada a nós com uma edição horrível e uma história totalmente infantil.

coleco-bonecos-power-rangers-mighty-morphin-1993_MLB-F-3814010197_022013

Não sei quanto a vocês mas o meu sonho de consumo nos meus 4 anos de idade está sendo representado por esta imagem.

• Origem
A primeira franquia de Power Rangers, intitulada Mighty Morphin Power Rangers (M.M.P.R.) é originalmente a 16° das séries japonesas “Super Sentai” do gênero Tokusatsu (seriados japoneses com efeitos especiais) inspiradas no anime Gatchaman.

gatchaman2

Gatchaman, a inspiração para os Super Sentais Japoneses.

A tradução de “Super Sentai” é algo como ”esquadrão”, sempre com um grupo de 3 a 6 adolescentes com uma determinada missão a cumprir, cada jovem possuindo uma cor predominante no seu uniforme, sendo na maioria das vezes Vermelho, Preto, Azul, Amarelo e rosa. O líder (quase sempre) é o vermelho, eventualmente o branco (devido as cores da bandeira do Japão). A equipe possui um robô gigante (mecha, robot) conhecido na franquia Power Rangers como ”Zord”.

-GUIS-_Kyouryuu_Sentai_Zyuranger-_32_(B2A78498)_mkv_snapshot_01_28_-2012_11_02_22_20_03-

Kyōryū Sentai Zyuranger (恐竜戦隊ジュウレンジャーEsquadrão Jurássico Zyuranger) é a série original que deu origem a Mighty Morphin Power Rangers (O 1° da franquia conhecido por nós) após o produtor de televisão Haim Saban fundar seu próprio estúdio e comprar os direitos autorais de Zyuranger com a produtora Toei (responsável pelos seriados Tokusatsus) para os EUA.

zyuranger-heroes

Elenco de Zyuranger, que mais tarde serviria de base para o elenco de M.M. Power Rangers.

• M.M.P.R x Kyouryuu Sentai Zyuranger

A questão é que Mighty Morphin Power Rangers é muito diferente de Esquadrão Jurássico Zyuranger, a começar pela história:

Não só em Zyuranger mas na grande maioria dos Super Sentais, a história tem como alvo o público infantil/juvenil, muitas vezes despertando interesse inclusive do público adulto. A história é mais complexa com propósitos nem sempre seguindo a política do ”correto” que é basicamente ”proteger o mundo contra as forças do mal”, eles possuem missões específicas e pessoais de acordo com a história de vida de cada personagem.

A censura dos sentais era tratada de maneira diferente, possuía cenas tensas de violência, até mesmo cenas com sangue, cenas amorosas (beijos) e até cenas de morte. Já em Power Ranger você percebe que é uma história simples, sem violência, ingênua e na maioria das vezes com cenas descomprometidas, ou seja, totalmente infantil.

Outro fato é que a edição de Power Rangers é mal feita, a tentativa de adaptação da versão americana tornou a série defeituosa até mesmo aos olhos de quem sequer sabia da existência da versão original, veja alguns exemplos disso:

mmpr-rg-trini

Sempre que a ranger amarela morfava ela ficava com um corpo masculino,a verdade é que o verdadeiro ranger amarelo era ”Boy”, isso mesmo era um garoto e não uma garota.

Polêmica A verdade sobre os Power Rangers 4

O tão famoso ranger verde ou ranger dragão, se você reparar bem, tinha um uniforme nas cenas de conversa e outro nas cenas de ação, repare na qualidade do uniforme e no peitoral da armadura

saudade-de-rita-repulsa-atrizes-MACHIKO

Você sabe porque a Rita NUNCA aparecia ao lado dos Rangers destransformados na 1° temporada de M.M.P.R? A verdade é que as falas da Rita eram dubladas pois a verdadeira Rita era a atriz Machiko Soga, a “Bandora” da série original.

Simplesmente era criada uma história nova com novos atores mas com as mesmas cenas de ação de Zyuranger só que redubladas.

• O Sucesso dos Power Rangers

Com o sucesso  da série,  Saban decidiu continuar com a franquia e criar a segunda temporada, só que tinha um problema; a série original Zyuranger havia terminado no Japão. Foi aí que Saban decidiu fazer algumas mudanças:

Os zords, alguns atores, a chegada de lord Zed e a troca do Ranger Verde pelo Ranger Branco.

O motivo do Ranger Verde ter se tornado o branco (“roubado” do super sentai Gosei sentai Dairanger) é que na verdadeira história de Zyuranger o ranger verde morre, como pretexto para a mudança de ranger, sem envolver violência para as “criancinhas” da época, é dito que Tommy (Ranger verde de M.M.P.R) perderia seus poderes de ranger verde passando a ser o Ranger branco.

mqdefault

Morte de Burai o “Dragonranger” de Zyuranger.

gosei_sentai_dairanger_wp_by_jm511-d6wjbhq

Para substiuir o Ranger verde, a Saban ”roubou” o ranger branco do sentai Dairanger e trouxe para os Might morphin Power Rangers assim como os zords.

Apesar da verdadeira origem, não posso negar que gostei de todas as franquias de Power Rangers que já assisti até hoje, mas não posso negar também que aos meus olhos os verdadeiros Sentais são melhores que a remasterização americana, pois são a origem e suas histórias são encantadoras. É impossível assistir a franquia Sentai e dizer que a versão ”Sabanizada” é melhor. Não estamos aqui pra criticar o estúdio Saban (mesmo porque umas das coisas que nos fez mais felizes durante a infância foi proporcionada por eles) mas sim para mostrar a origem dos verdadeiros ”Power Rangers”.

The Great Pierre

The Great Pierre

Se quiser me conhecer e saber um pouco mais sobre mim, siga me, ou me adicione em qualquer uma das minhas redes sociais. Será um prazer.

  • Lucas Rodrigues

    Tudo que está nesse poste eu já sabia. Mas eu só fui saber quando eu já tinha assistido todos os power rangers e saido da minha infância. hoje tenho 24 anos, É foda ver que os seus power rangers não são originais e que eles são uma cópia.

  • Twist Tweb • SP • BR

    Sempre soube que os Power Rangers originais eram japoneses. Até hoje tenho uma cena em minha mente de um deles tentando parar um carro simplesmente segurando-o por debaixo dele e arrastando a armadura contra o asfalto. Desde então, não me convenço desta versão americana. Este post vem bem a explicar o que eu vi desde criança. Parabéns!